Como funcionam os óculos corretivos daltônicos

por Archetype Themes Collaborator (USA)

Nos últimos anos, os vídeos de pessoas com deficiências de cores se tornaram virais, mostrando suas primeiras experiências com a visualização de um mundo mais colorido ou com cores mais vibrantes. Nesses vídeos, os óculos corretivos daltônicos costumam ser talentosos para pessoas que lidam com daltonismo, mudando a vida como a conhecem. Os óculos corretivos dão às pessoas com deficiência de cor a capacidade de finalmente ver o mundo em plena floração. Atualmente, não há cura para o daltonismo, portanto esses óculos são uma forma melhorar ajudar na percepção dos tons.

Perguntas Frequentes

O que é daltonismo ? 

O daltonismo afeta a visão, diminuindo a profundidade e a vibração de certas cores. Os fotorreceptores de cone - geralmente chamados de cones - localizados dentro da retina são responsáveis ​​pela percepção da cor com base em sua sensibilidade à luz. Os três tipos de cones sensíveis à cor são vermelho, azul e verde e são responsáveis ​​por enviar comprimentos de onda ao cérebro para interpretação. As pessoas geralmente experimentam o daltonismo como uma dificuldade para ver vermelhos e verdes. Isso é resultado de uma sobreposição entre os comprimentos de onda que detectam a luz verde e a luz vermelha, o que torna difícil para o cérebro diferenciar essas duas cores.  

Como funcionam os óculos corretivos daltônicos ?  

Óculos corretivos usa filtro de luz nas lentes para distinguir e melhorar a vibração, a profundidade e os detalhes das cores. Essa filtragem bloqueia todos os comprimentos de onda sobrepostos da luz, como sobreposição vermelha e verde, que geralmente confundem o cérebro e criam a deficiência. O cérebro pode então distinguir adequadamente entre as cores sobrepostas. Esses óculos não podem mudar o caso de ausência completa de fotorreceptores, mas são ótimas soluções para o daltonismo por deficiência.  

Em suma, os óculos corretivos daltônicos melhoram a filtragem da luz, bloqueando os comprimentos de onda sobrepostos da luz, dando às pessoas que experimentam a deficiência a chance de ver cores vibrantes e cheias. Com essa tecnologia, as pessoas afetadas pelo daltonismo agora podem apreciar mais a vista.

O óculos me ajudarão a passar no teste de daltônico ?

Mais de 85% dos clientes da Pilestone acharam nossos óculos úteis.

Se o tipo de lente é o correto para você, sim ele pode melhorar a pontuação e é esperada uma melhora na pontuação. As condições de iluminação e as cores da tela do computadorPC / telefone podem afetar os resultados.

Uma maneira melhor de avaliar a eficácia dos óculos Pilestone é sair e explorar o mundo.

Nomear corretamente as cores que você vê é o melhor indicador de que os óculos estão com o desempenho ideal.

Por favor, não use nossos óculos para dirigir até ter certeza de que eles estão funcionando bem.

Recomendamos sempre que possivel verificar junto ao Médico Oftalmologista. o médico sempre será o melhor profissional a se consultar sobre qualquer desconforto na visão. 

Tecnologia Lente Pilestone ?

O desenvolvimento dessas lentes começou em simuladores de computador, onde foram desenvolvidos modelos para reproduzir as cores e o grau de deficiência visual das cores. Para criar os modelos, a Pilestone usou a mais recente pesquisa genética sobre daltonismo e várias anomalias relacionadas a "fotopigmentos" e combinou-os em um modelo que influenciou a percepção de cores em pessoas com daltonismo para vermelho ou verde.

Como escolher qual óculos comprar ?

Oferecemos gratuitamente teste daltônico que irá sugerir a lente que melhor se adapta a você e projetou 5 tipos de lentes exclusivos para diferentes tipos de daltonismo.

Site USA, link: https://pilestonecolorblindexperts.com/pages/colour-blind-test

Após realizar o teste acima volte ao site do Brasil para efetivar seu pedido, evitando demoras. 

A lente Pilestone é polarizada ?

As lentes Pilestone não são polarizadas, mas as lentes externas são revestidas de titânio para proteger contra o brilho e equipadas com proteção UV total, o que significa que seus olhos estarão protegidos com segurança dos raios nocivos do sol enquanto poderão ver o mundo sob uma nova luz. Os óculos daltônicos já têm tonalidades e a polarização tornará os óculos mais escuros e mais difíceis de ver.

A Pilestone fornece óculos com receita ou prescrição ?

 Não fornecemos óculos graduados para daltonismo neste momento. Temos um clipe muito popular para lentes que se encaixam perfeitamente em óculos graduados.

 

Quais são minhas opções se descobrir que os óculos não estão funcionando tão bem quanto esperado ?

 Não se deve perder a esperança, pois existem outros tipos de lentes que podem apresentar resultados completamente diferentes.

 

Se a lente do tipo A não estiver atingindo os resultados desejados, recomendamos a lente mais forte do tipo B. Se você achar que os resultados da lente do tipo B são muito intensos, podemos recomendar a lente do tipo A.

 

Além disso, para garantir que você cubra todas as opções possíveis, o tipo D também deve ser considerado, pois tem uma tecnologia de lente diferente e geralmente funciona quando outros tipos de lente falham e se entender que possui tritanopia vale verificar a lente tipo E.

 

Posso comprar mais de um óculos para testar e depois devolver o que não me ajudar ?

 Sim, definitivamente, encorajamos as pessoas a fazerem isso, mas para que você esteja ciente, basta ler nossa política de devolução para garantir que você não demore muito para devolver os óculos desnecessários.

Quanto tempo normalmente leva um reenbolso para ser efetivado ?

Nós tratamos cada cliente em especifico atendendo a cada pedido em especial. Um procedimento de estorno apos o produto chegar aqui na empresa, leva no maximo 48 horas (tempo para identificar emitir a nota fiscal de devolução, que nós mesmo fazemos).

No procedimento enviaremos um e-mail de notificação de reembolso após a emissão do reembolso aqui na Pilestone.com.br. O dinheiro será reembolsado com o pagamento original da mesma forma feita na compra e leva até 7 dias úteis para aparecer em sua conta bancária (cada operadora de cartão administra da sua forma isso você pode consultar em seu operador de cartão).

Como limpar seus óculos corretivos para daltônicos 

O cuidado adequado de seus óculos corretivos daltônicos prolongará sua vida útil e garantirá que os óculos corretivos funcionem como pretendido. Para limpar seus óculos corretivos daltônicos, use um pano de microfibra para remover qualquer óleo ou resíduo que se acumulou na armação e nas lentes. Você também pode usar uma pequena quantidade de sabão neutro ou limpador de óculos para limpar completamente as lentes. Depois de lavar os óculos, enxágue-os com água e seque-os com um pano macio. Se houver partículas de sujeira em seus óculos, enxágue-os com água limpa antes de iniciar o processo de lavagem. Isso o ajudará a evitar arranhar as lentes. Você também deve evitar o uso de toalhas abrasivas ou produtos de papel para lavar os óculos, pois geralmente são muito ásperos e podem arranhar. Por último, não use itens de limpeza doméstica,  

Aprendendo sobre Daltonismo

Noticia

INTERESSANTE

Cada pessoa percebe as cores de maneira diferente, o que pode dificultar a compreensão do daltonismo para pessoas com visão normal. Vamos desmascarar alguns dos equívocos comuns sobre o daltonismo que muitas pessoas podem assumir erroneamente.  

 

O daltonismo ocorre em cerca de 1 em 12 homens e 1 em 200 mulheres. As deficiências de cor geralmente são transmitidas por nossos pais, em vez de se desenvolverem com o tempo. Embora o daltonismo seja mais comumente uma doença hereditária, muitas pessoas ainda vivem suas vidas sem saber que têm uma deficiência. Como a visão tem tudo a ver com percepção, muitas pessoas com deficiência não percebem que percebem as cores de maneira diferente do que uma pessoa com visão normal. Portanto, é importante fazer o teste de deficiência de cor. Existem muitas maneiras de testar uma deficiência visual, mas o método mais comum é o teste de Ishihara. 

 

Teste de Shinobu Ishihara

Shinobu Ishihara é o criador do teste de Ishihara para deficiência de cor. Ishihara era professor de oftalmologia na Universidade de Tóquio e criou o teste de Ishihara em 1917. O teste vinha originalmente em três versões, duas em japonês e uma em árabe, para testar a visão dos soldados do Exército Imperial Japonês. Anos depois, a terceira versão do teste, escrita em árabe, tornou-se amplamente disponível no Ocidente. Desde então, ele mudou inúmeras vezes ao longo dos anos para se tornar o teste com o qual tanto confiamos hoje em dia para testes de visão em cores. 

 

Compreendendo o teste de Ishihara para deficiência de cor

Se você já foi a um optometrista, provavelmente já fez o teste de Ishihara sem saber. O teste de Ishihara se baseia em 38 placas numeradas. Cada placa exibe um mosaico de pontos em diferentes tamanhos e cores. A imagem que cada carta compõe é a de um número soletrado em uma ou duas cores, sobre um fundo circular composto por uma ou duas cores diferentes que contrastam em graus variados.

Ao fazer o teste, o objetivo é identificar o número na placa. Uma pessoa com percepção de cores perfeita seria capaz de identificar todos os números sem problemas. Diferentes tipos de deficiências de cor terão números diferentes ou nenhum número, dependendo do tipo de deficiência. Dessa forma, esse teste também pode ajudar a determinar o tipo específico de deficiência que uma pessoa pode ter. 

 

A Importância dos Pratos

Como mencionado anteriormente, o teste de Ishihara se baseia em 38 placas diferentes que podem ajudar a identificar e diagnosticar deficiências na visão de cores. No entanto, nem todas as placas têm o mesmo propósito. Existem muitos tipos diferentes de placas usadas no teste que especificam e diagnosticam com precisão uma deficiência na visão de cores. Existem seis tipos diferentes de placas usadas no teste de deficiência visual de Ishihara.

Cada teste começa com uma placa de demonstração. A placa de demonstração possui um número que é visível para todos os tipos de visão colorida. Esta placa geralmente exibe o número 12 e funciona apenas como um exemplo para explicar o teste para quem o está fazendo. Esta placa não conta na pontuação do teste ou diagnóstico de forma alguma.

Placas de transformação são placas onde um indivíduo com deficiência de visão de cores verá uma figura diferente daqueles com visão de cores normal, como ver o número cinco em vez do número oito.

Uma placa que desaparece é uma placa para a qual apenas aqueles com visão normal de cores podem ver uma figura. Para aqueles com deficiência visual, a placa parecerá não ter nenhum número visível no centro.

As placas digitais ocultas são o oposto das placas que desaparecem. A figura em uma placa digital escondida só será visível para aqueles que têm deficiência na visão de cores.

As placas de diagnóstico funcionam especificamente para diagnosticar que tipo de deficiência de visão de cores um indivíduo tem e a gravidade da deficiência.

Por último, as placas de rastreamento exigem que os indivíduos traçam uma linha dentro do círculo em vez de identificar um número. Alguém com deficiência visual nas cores vermelho / verde pode não ser capaz de seguir e traçar uma linha que use as cores ou sombras vermelhas e laranja. 

Devo ser testado e onde devo ser testado?

Muitas pessoas com daltonismo ainda conseguem viver normalmente em suas vidas diárias, o que significa que não é tão necessário fazer exames regulares como faria para a perda da visão geral. No entanto, você deve fazer um teste de deficiência de visão de cores pelo menos uma vez, se ainda não o fez. Felizmente, o teste de visão em cores de Ishihara é facilmente acessível. Um optometrista pode diagnosticar você facilmente usando as placas de teste de Ishihara se você suspeitar que é daltônico. Os testes daltônicos também estão amplamente disponíveis online. Um simples teste de óculos daltônicos online irá utilizar as placas de Ishihara em formato digital. Ele pedirá que você identifique os números e digite sua resposta para avaliar com precisão sua visão de cores, negando a necessidade de agendar uma consulta e visitar um médico. 

Existe uma cura para o daltonismo?

Atualmente, não há cura para o daltonismo. No entanto, o daltonismo é uma condição que muitas pessoas têm com pouca perturbação, graças a algumas dicas e truques. Rotular itens, como roupas e objetos com muitos códigos de cores, como material escolar ou material de trabalho, pode limitar os erros relacionados à deficiência de cor em sua vida diária. Os vidros corretivos daltônicos são outra ótima solução para pessoas com deficiência de cor. Os óculos de correção de cor usam um filtro para cortar os confusos comprimentos de onda de luz sobrepostos que chegam ao nosso cérebro e causam daltonismo. O filtro negará a sobreposição e permitirá a visão normal de cores. Esses óculos oferecem aos indivíduos com deficiência visual a capacidade de ver cores perfeitas e são a melhor solução para o daltonismo disponível atualmente. 

As deficiências da visão de cores se apresentam de muitas maneiras diferentes e muitas vezes podem passar despercebidas por aqueles que as experimentam. O teste de Shinobu Ishihara para deficiências de visão de cores, conhecido como teste de Ishihara, é uma das maneiras mais comuns de diagnosticar deficiências de visão de cores. Embora você provavelmente já tenha visto esse teste antes, pode não ter entendido o teste de Ishihara para deficiência de cor. O uso exclusivo do teste de Ishihara de placas codificadas por cores com tato permite a identificação de uma deficiência daltônica e o diagnóstico de daltonismo específico em mãos.

 

Por que os homens são daltônicos mais frequentemente do que as mulheres  

Cromossomos X  

O daltonismo é uma condição genética que se expressa em nossos cromossomos ligados ao X. Os homens têm um cromossomo X e um cromossomo Y, enquanto as mulheres têm dois cromossomos X. Para experimendar o daltonismo, a mutação genética para daltonismo deve estar presente no cromossomo X, mas para as mulheres, isso significa que deve estar presente em ambos os cromossomos X. Os homens precisam apenas da mutação para estar presente em seu cromossomo X singular, tornando muito mais fácil para eles herdarem o daltonismo.   

Herança genética   

Essa mutação genética é transmitida por nossos pais. No entanto, só porque nenhum de seus pais é daltônico, isso não significa que você não pode ser daltônico. As mulheres podem ser portadoras do gene sem expressá-lo. Sua mãe pode ter a mutação presente em apenas um cromossomo X, o que significa que ela não seria daltônica, mas ela pode passar o gene para você.   

Por exemplo, se seu avô materno era daltônico, isso significa que o único X dele tinha a mutação e foi transmitido para sua mãe. Como sua mãe recebeu outro cromossomo X de sua avó, sua visão de cores não será afetada; no entanto, ela ainda é portadora do cromossomo X com a mutação daltônica.  

Se você for do sexo masculino, seu pai lhe passará um cromossomo Y e você receberá um cromossomo X de sua mãe. Como sua mãe tem um cromossomo X mutado e outro normal, você terá 50% de chance de herdar o gene do daltonismo.   

A genética é a única razão pela qual os malvados são daltônicos com mais frequência do que as mulheres. Embora não haja cura para o daltonismo, óculos de sol com correção de cor pode trazer cor ao seu mundo. 

Daltonismo significa que você não consegue ver as cores ?

Indiscutivelmente, o equívoco mais comum sobre o daltonismo é que as pessoas que a têm enxergam apenas em preto e branco. Essa forma de daltonismo é conhecida como Acromatopsia. Acromatopsia não é o tipo mais comum de daltonismo, muitas pessoas com deficiência visual não enxergam apenas em preto e branco. Na verdade, a maioria das pessoas com deficiência na visão de cores pode ver as cores. O daltonismo é mais frequentemente a dificuldade de distinguir entre cores e matizes, em vez da ausência completa de uma cor ou cores.  

O daltonismo é sempre herdado ?

O daltonismo é geralmente herdado, mas uma dificuldade visual e pode ser adquirida devido a fatores como doença, medicamentos, derrame e idade avançada. 

O daltonismo ocorre apenas em homens ?

É verdade que o daltonismo ocorre mais comumente em homens, mas as mulheres também podem ter deficiência visual. O daltonismo geralmente ocorre em homens porque a mutação genética só precisa estar presente em seu cromossomo X singular, enquanto as mulheres devem expressá-la em ambos os cromossomos X. No entanto, uma em cada 200 mulheres ainda sofre de daltonismo.  

O daltonismo está pode atrapalhar alguma atividade ? 

Alguns trabalhos e tarefas podem ser mais difíceis para pessoas com deficiência visual de cores, mas a condição não é incapacitante. Cuidado extra e métodos adicionais podem ser necessários para ajudar em algumas tarefas, como cozinhar, mas a maioria das pessoas pode aprender técnicas para diferenciar cores. Por exemplo, semáforos vermelhos e amarelos podem ser difíceis de diferenciar, mas devido à sua ordem em um semáforo, eles podem ser identificados com precisão.  

Não há nada que você possa fazer sobre isso ?

É verdade que as deficiências da visão de cores não têm cura. Felizmente, ajudas como óculos de sol com correção de cor podem trazer a visão mais colorida para a vida das pessoas com daltonismo visual. 

------------------------------------------

O daltonismo está presente na vida do ser humano desde sempre, porém apenas alguns anos as pessoas começaram a se darem conta da real diferença de cor que elas possuem, assim o chamado daltonismo.

Nossa missão é fazer com que todos os daltônicos possam ao menos ter a oportunidade de experimentar e verificar a possibilidade de diferenciar melhor os tons das cores.

Afinal o mundo fica mais bonito quando fica colorido, a vida fica mais alegre quando fica colorida, um simples lápis de cor pode fazer toda a diferença na vida de uma pessoa.

 A dificuldade em ver as cores foi descoberta por John Dalton (1766-1844) , em meados do sec. XIX, ele descobriu por ser portador da dificuldade e foi o primeiro a estudar cientificamente tal distúrbio que até então era desconhecido. Após a descoberta ele descreveu em um livro a incapacidade, cuja principal característica é não conseguir distinguir algumas cores, entre as cores o vermelho e o verde.

Pessoas como Jonh Dalton, Mark Zuckerberg, Bill Clinton, Vincent Van Gogh eram daltônicos e isso nos mostra que a dificuldade em ver as cores é comum e difundida em todo o mundo.

 

Quanto antes o portador descobrir a existência do daltonismo melhor sua adaptação em situações que precise distinguir alguma cor. É importante que os pais verifiquem em seus filhos, ainda que ele não possua o conhecimento do que é o daltonismo, pois a maioria dos casos é descoberto pela própria pessoa na fase adulta da vida.

O Dia da Conscientização do Daltonismo anualmente é comemorado em 6 de setembro.

John Dalton foi um dos primeiros cientistas a estudar o daltonismo e o Dia da Conscientização do Daltonismo é comemorado em seu aniversário em homenagem aos avanços que ele fez na pesquisa sobre o daltonismo.
Como comemorar o dia da conscientização para daltônicos?
Espalhando e divulgando o assunto!
A melhor maneira de comemorar o Dia da Conscientização para os daltônicos é espalhar a palavra. Se você é daltônico, compartilhe com orgulho sua história e experiências com outras pessoas. Você pode acabar se tornando um modelo para uma criança que talvez esteja lutando para lidar com o daltonismo. Compartilhar sua história nas redes sociais ou boca a boca definitivamente essas são duas ótimas maneiras de aumentar a conscientização sobre o daltonismo e reunir a comunidade.

OBSERVAÇÃO EM TRABALHOS

Neste artigo, discutiremos algumas observações em tarefas que você pode ter dificuldade se for daltônico. Algumas áreas de trabalhos podem exigir alguns teste de cores ou exigir o teste de senso cromático. 

Os trabalhos possui essas exigências por razões de segurança.

Eletricista 

VISÃO NORMAL                             VISÃO DALTÔNICO

Um eletricista, estará lidando com a instalação de sistemas de fiação. Esse trabalho envolve a capacidade de distinguir as cores certas para realizar seu trabalho de maneira correta e segura, pois incêndios, choques elétricos e falta de energia provavelmente ocorreriam se realizados de maneira inadequada. Para alguém que é daltônico e não consegue combinar cores ou distinguir cores diferentes de outras, esse trabalho pode causar grandes dificuldades.

         Médico ou Médico Veterinário

Testemunho:´´Meu nome é Ricardo sou Médico Veterinário formado pela Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajuba, MG - FEPI, turma de 2010. Tive muita dificuldade para realizar a matéria de HISTOLOGIA, pois nessa época já com 24 anos de idade e ainda não sabia que era daltônico e não compreendia onde estava errando nas leituras de laminas. (As laminas na materia de histologia possui cores rosa, âmbar, vermelho e precisa ser feito através de diferença de tons das cores, são pequenas diferenças de roxo para rosa muito sutil, que hoje eu sei que não via pela minha condição de daltonismo), como eu não sabia da minha dificuldade em ver as cores acabei por reprovar na matéria, com muita dificuldade consegui passar mesmo sem ver as cores, hoje sabendo que sou daltônico entendo perfeitamente o motivo de não conseguir ler as laminas que na maioria das vezes eram rosa com pequenas variações de tons.``

Dicas para conviver com daltonismo

por Paige Pesko

Confie na família e nos amigos  

Alguns podem achar que confiar na família e nos amigos ou pedir ajuda é um sinal de fraqueza. Se você está vivendo com uma deficiência na visão das cores, não se envergonhe disso. Deixe seus amigos e familiares saberem com que tipo de atividades e tarefas você tem mais dificuldade e não tenha medo de pedir ajuda. Um membro da família ou amigo amoroso sempre estará disposto a ajudar quando necessário.  

Olhe em óculos daltônicos   

Embora não haja cura para o daltonismo, os óculos daltônicos são a segunda melhor opção. De ver óculos para óculos daltônicos, os óculos daltônicos parecem os normais. Eles estão disponíveis em vários formatos, estilos e cores. Os óculos funcionam filtrando os comprimentos de onda sobrepostos que resultam em daltonismo.   

Com estes óculos, você poderá ver o mundo como uma pessoa com visão normal e conquistar suas tarefas diárias sem problemas.   

Dicas de culinária e comida  

Muitas pessoas com visão normal nunca param para pensar sobre como tarefas difíceis como cozinhar e fazer compras seriam sem a habilidade de diferenciar cores. Freqüentemente, confiamos na cor para determinar se as carnes estão totalmente cozidas e prontas para comer, se as frutas e vegetais estão maduros ou podres e para diferenciar itens semelhantes, como uma maçã vermelha ou verde.   

A melhor prática a seguir ao cozinhar é sempre seguir as orientações de temperatura. Em vez de determinar se um bife ou pedaço de frango foi bem cozido com base no centro da cor da carne, use um termômetro de carne. Esta é a maneira mais segura de saber se sua comida é segura para comer, independentemente de uma deficiência visual.   

Escolher frutas e vegetais pode ser um pouco mais desafiador, embora existam algumas maneiras de indicar se os itens que você está comprando estão maduros ou não. Por exemplo, os aspargos devem ter botões firmes e um caule reto firme. Ou um abacate deve estar ligeiramente firme, com um pouco de folga ao empurrá-lo. Usar outros sentidos, como tato e olfato, tornará mais fácil encontrar as frutas e vegetais certos.  

Ao tentar diferenciar entre alimentos semelhantes, como maçãs verdes e vermelhas ou couve-flor e brócolis em casa, coloque uma etiqueta nos sacos de produtos agrícolas para não misturar os itens na geladeira.  

 

Gerenciando Eletrônicos  

A maioria dos eletrônicos avançados hoje em dia tem maneiras de sinalizar uma bateria fraca ou cheia, sem depender da cor. No entanto, algumas tecnologias ainda usam luz vermelha como símbolo de bateria fraca e luz verde como sinal de bateria totalmente carregada. Alguns produtos, como os produtos Apple, têm configurações para indicar o uso da bateria sem cor. Essas configurações usarão porcentagens ou ícones para notificar os usuários sobre a carga da bateria.   

Verifique as configurações em todos os seus dispositivos, caso eles tenham indicadores de bateria compatíveis com daltônicos. Para aqueles que não têm, use seu bom senso com base no quanto você usou o dispositivo recentemente. Por exemplo, se você passou muitas horas assistindo a filmes em seu laptop no fim de semana, pode ser melhor conectá-lo por algumas horas depois.   

Enfrentando os desafios da escola e do trabalho  

Não importa em que estágio da vida você esteja, suas responsabilidades diárias, como escola ou trabalho, apresentarão desafios. Para crianças em idade escolar, ler quadros brancos e apresentações coloridas do PowerPoint, fazer projetos com muitas cores e livros pode ser um grande desafio - especialmente para crianças cujo currículo depende amplamente de cores. Converse com professores e funcionários sobre os desafios que o daltonismo apresenta na escola. Algumas dicas para dar ao seu professor incluem o uso de marcadores de quadro branco preto e dar a você um assento próximo ao quadro com pouco brilho. Além disso, o uso de cópias em preto e branco de páginas de livros e planilhas e evitando projetos, gráficos ou imagens que dependem muito de cores evitarão que você fique para trás nos planos de aula.   

Da mesma forma, ler ou projetar PowerPoints no trabalho, ler documentos da empresa com muitos designs ou usar gráficos e imagens nem sempre é uma tarefa fácil. Fale com seu chefe sobre como a empresa pode ser mais inclusiva, como alterar os modelos de documentos da empresa para cores que não sejam tão difíceis de ler para um funcionário daltônico.   

A deficiência visual às vezes pode dificultar até mesmo a menor das tarefas. Com essas dicas para viver com daltonismo, seu dia a dia não precisa ser prejudicado por sua deficiência.

IMPORTANTE:

O vídeo é um simulador, não havendo responsabilidade por parte da Pilestone perante aos testes demonstrados no site: www.pilestone.com.br

A Pilestone não se responsabiliza por qualquer resultado ou diagnostico feito no site por vídeo ou de qualquer outra forma.

Nós recomendamos sempre que procure um Médico Oftalmologista de sua confiança para executar os testes e um diagnostico preciso. Cada monitor ou tela do celular possuir diferença nos pigmentos das cores. Nós não nos responsabilizamos por qualquer forma de diagnostico feito pelo site.

´´Agradecimento especial, Obrigado, Iberê e Equipe do Manual do Mundo por autorizar usar o vídeo em nosso site.``

Compilado de vídeos com informações sobre o daltonismo

PILESTONE

Praça Santo Antônio, n°11, Centro, Cristina - MG, 37476 000 - Brasil

Contato

SAC: (35) 99222 9218

 Fax: (35) 3281 2181

© 2021 Pilestone Inc / Golden Mermaid Inc. Todos os direitos reservados.

CNPJ: 20.508.756/0001-53 - Ricardo Gorgulho Gonçalves

Todo o conteúdo pertence à PILESTONE.